quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Viajar


Viajar é ter o pé na estrada,
 a cabeça nas nuvens
e alar com força a imaginação.

É mudar, por um tempo,
de lugares, de ares, de pensamento.
Pra que assim, então, na bagagem, 
venha um novo
sentimento
(e um novo eu)!

Terra


A Terra é só uma esfera
que gira, gira
e não nos espera.

Cumpre sua sina,
segue cumprindo.
Nossa vida, pequenina,
aprendeu a ir seguindo.

Por ritmo, o tempo.
Por maestro, o tempo.

Que espaço resta, então,
ao nosso sentimento?

Nostalgia


A nostalgia é o estado 
(quase) permanente do sentimental.
É uma lente, pela qual as coisas todas
passam a ter um sentido maior,
carregado de sentimentos exacerbados
e prefixos. 

É passado, mas insiste em não passar...

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Transbordar


Transbordar é dar vasão a si mesmo.
É atingir o ponto em que o sentimento
já não cabe, já não pode caber.
Transbordar é deixar fluir,
é abrir as comportas da alma
para que águas muitas venham
e nos tragam
e nos levem.
(e que seja pra longe!)

Flores


As flores são pequenos grandes cuidados da Criação!
São lembretes multicores 
avisando o tempo todo que nada,
nem força nenhuma que se levante,
é capaz de destruir a beleza.
Porque ela vive é dentro de nós!

Façamos do tempo, uma perene primavera!
- leia-se numa pétala por aí...-


Extremos


Os extremos são a fonte primeira da vida!
Neles habita a mesma essência,
o mesmo ser,
embora levemente modificado, em aparência,
pela breve medida errante
a que chamamos tempo.

Os extremos, enfim, são os guardiões da verdade:
o tempo é um detalhe diante do incrível espetáculo
de apenas e plenamente
VIVER!


Amizade


Amizade é indefinição.
É partilha de si, é acolhida do outro.
É sorriso e lágrima sem donos.
É tudo com cara de nada,
e nada com jeito de tudo!

É troca de olhares que revela,
é afeto que acolhe.
É abraço sem palavras,
é palavra que diz nada.

Amizade é mais que sentimento,
é pura vivência!
É experiência de desinteresse
e força inexplicável.

A amizade, em si, é indefinição.
Racionalmente incompreensível,
mas habitante eterna do coração!



Obstáculo


Obstáculo é ponto de vista.
É forma (por vezes equivocada) 
de se olhar um desafio.

Obstáculo é, na verdade,
oportunidade!

Oportunidade de crescer, 
de vencer,
mas, sobretudo, de (se) reinventar!


Promessa


Promessa é selo invisível, mas inquebrável.
É acordo entre almas, prova de confiança.

É sinal vivo de que alguém 
deposita num outro alguém
uma parte vital de si mesmo
(e acredita que vale a pena)!