quinta-feira, 30 de maio de 2013

Rosas


As rosas são, dentro do maravilhoso reino das flores,
as mais vaidosas e cheias de si.
Mas são, ainda, as mais frágeis e sensíveis, para
quem sabe enxergar além dos espinhos.

Observando assim, vejo que as rosas são meio
como as pessoas...



quarta-feira, 29 de maio de 2013

Amor


O amor? Ah, o amor... Esse infinito tão indefinível...
O amor é a essência natural de todas as coisas.
o destino comum de todos os seres,
a peça-chave da existência, 
o tesouro dos tesouros
e a junção de tudo o que de mais sublime 
se puder imaginar!

Porque de tudo aquilo que buscamos para 
preencher nossos espaços, o Amor é a peça 
que se encaixa mais perfeitamente em todos eles!

Chuva


A chuva é o tempo propício. 
Propício para germinar, propício para pensar.
Propício, enfim, para colocar as coisas todas no devido lugar,
seja dentro ou fora da gente...

Infância


A infância é a realização plena daquilo que somos.
É o momento em que os pudores, as vaidades e  as máscaras
ainda não têm poder sobre nós. E é, exatamente por isso,
a mais plena realização de liberdade (e de autenticidade) 
que somos capazes de viver!

Memória


A memória é uma parte de nós que, embora antiga,
nunca envelhece. É a certeza de nossa humanidade,
a parte que nos socorre frequentemente, quando
pensamos que a vida não tem valido a pena...

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Acreditar


Acreditar é ser capaz de mover o que preciso for, para tornar 
um sonho, realidade. É dar corpo, forma, voz e liberdade
aos sussurros da imaginação, confiante de que a sua 
sugestão já é uma ordem ao coração (e à ação)...

Personalidade


A personalidade é o grito do eu. É o grande 
quebra-cabeças da existência, é a interligação 
das minúsculas partes da nossa alma,
que revela-se pouco a pouco, instante 
após instante. E não para, não cessa, 
não termina. É a cadência do ser 
humano, fadado a ser uma parte 
da beleza a que chamamos 
eternidade!

Segredo


O segredo, o grande segredo que está por trás de todas as coisas
que existem no mundo, é sintetizado perfeita e puramente em 
uma única palavra: AMOR!
Em tudo, exatamente tudo o que existe, há um toque desse
sentimento tão perfeito, que inunda todas as coisas.
Basta que saibamos encontrá-lo, perdido nas poeiras da vida..